Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Sal (va-te mas é!)

Uma pessoa sai de casa para ir comprar sal grosso, que acabou logo agora que tem um tacho ao lume com peixe a cozer. Diz:
- Vou só ali à mercearia comprar sal!
Alguém lhe responde:
- Ok!
Sai a porta de casa, sai a porta da rua, e a primeira pessoa que encontra, mesmo em frente à porta da rua, é um senhor, claramente vítima de um AVC, com um dos lados do corpo todo apanhado, olho, boca, braço, perna, que vem andando muito devagar, provavelmente forçando-se a essa fisioterapia que é arrastar todo um lado paralisado do corpo pela rua, para o obrigar a voltar ao que era.
Uma pessoa vê isto e pensa: «F*d#-se! Será isto um sinal do universo? Se calhar volto para casa e cago no sal.»

15 comentários

Comentar post

Pág. 1/2