Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Pedrógão

Não há muito a dizer. Não mais do que tudo o que já se tem dito. Só lamentar. Lamentar profundamente. As imagens do incêndio doem-me, as imagens da já conhecida como estrada da morte creio que me perseguirão durante muito tempo. Até imaginar faz mal. Um beco sem saída. Um inferno. As histórias que começam a partilhar-se são todas tão medonhas que preferia não as conhecer. A nossa vulnerabilidade é total. E achamo-nos tantas vezes invencíveis. 

Toda a força para quem perdeu familiares, amigos, património, vidas inteiras. 

E um profundo respeito pelos nossos bombeiros, heróis esquecidos o ano inteiro. 

foto estrada morte.png

Foto tirada pelo drone da Tomar TV

 

13 comentários

Comentar post