Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Ops, a mãe comeu!

É assim: não sei o que se passa comigo mas estou em modo devorador.

Tenho fome.

Tenho MUITA fome.

E fome de gordices. Só me apetece comer batatas fritas, gorduras em geral, beber vinho, comer chocolates. Eu nem sou uma pessoa de doces (sou muito mais de comida, em geral) e estou desenfreada. 

Por isso, miúdos, sabem aqueles dois últimos quadradinhos do Toblerone que comprei para vocês no freeShop? Ops, a mãe comeu! Assim mesmo, sem dó nem piedade. Primeiro um, a seguir o outro. 

Esta semana já tinha um treino minuciosa e cruelmente elaborado pelo demoníaco mister Pedro Almeida e devidamente colocado nessa plataforma do inferno chamada TrainingPeaks, mas não cumpri nada. Nada. O meu marido foi nadar, pedalou nos rolos, e aqui a pessoa a comer e a olhar. E ele: "Vem nadar também!" E eu: "Nah". E ele: "Vamos correr os dois?" E eu: "Nah". E ele: "Não pedalas, hoje?" E eu: "Nah".

É evidente que a pessoa está a enchouriçar (basta um deslize para a pessoa principiar a assemelhar-se a uma alheira) mas nem isso a demove de ingerir tudo o que lhe aparece à frente.

E é isto.

Para a semana, a pessoa vai ter de fazer uma inversão na sua marcha devoradora, antes que seja um caminho sem regresso. Além de que... diz que a imbecil se inscreveu no Half IronMan em Setembro. E, parecendo que não, faltam menos de 4 meses.

triathlon102-4e4e4e.png

 

19 comentários

Comentar post

Pág. 2/2