Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Ooooh, tão querido, o Furby!

Vi o bicho aqui mesmo, no cocó. A publicidade apareceu aí na coluna da direita e eu fui lá meter o nariz. Pior: fui lá meter o nariz e disse em voz alta: «Ooooh, tão querido, o Furby!» Claro que mal acabei de pronunciar o nome do bicho já tinha 3 filhos pendurados em mim, a repetirem «Oooooh, tão querido, o Furby...».
Parece que o Furby faz olhinhos e torna-se uma criatura adorável se for bem tratado, já se for abanado ou se lhe puxarem a cauda vira uma peste (tipo Gremelin!). Na explicação do boneco, diz que ele fala Furbês mas que aprende inglês à medida que se vai brincando com ele («ooooh, que esperto, o Furby!», dizia a Mada à medida que eu ia lendo). Acho que já tenho presente de aniversário para a rapariga, para daqui a um mês. Esperemos é que ele não fale tanto como ela. É que a ele posso sempre torcer o pipo...



36 comentários

Comentar post

Pág. 1/4