Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

O insecto

O insecto é o blogue de um amigo. Um amigo que por acaso é padre. Que se tornou amigo por causa do meu blogue, que era lido por outro amigo dele, jesuíta também. Um dia, precisei de uma espécie de consultoria religiosa para fazer uma reportagem para a Notícias Magazine (ESTA) e, como o outro amigo estava muito ocupado, passou-me para este. Foi o Paulo que me ajudou, que me deu dicas. E, a partir desse dia, nunca mais nos perdemos de vista. Gostei tanto dele que, passado tempo, fiz uma reportagem sobre a história do seu chamamento e da sua ordenação (ESTA). Era apetecível. Afinal, ele sentiu que aquele era o seu caminho quando era comissário de bordo. Parecia quase uma graça: de tanto andar pelo céu, ouviu mais de perto o chamamento de Deus. 

O Paulo é uma pessoa especial. Se houver aqui ponta de possibilidade de conversão... será ele a consegui-la. Mas sei que ele gosta de mim na mesma, apesar de saber das minhas dificuldades com o tema divino. Temos grandes conversas. Francas, intensas, profundas. É um homem inteligente, com uma cabeça muito aberta. E dança bem. E, by the way, é uma brasa.

Às vezes aparece cá em casa, de surpresa. Sempre que o faz... eu estava mesmo a precisar do seu abraço. 

A minha filha Madalena adora-o. Quando está muito tempo sem o ver começa a dizer que tem saudades. É verdade que ela é uma pequena beata... mas o que é certo é que eles têm ali uma ligação qualquer que me ultrapassa.

Vale a pena conhecer o Paulo. Mas, em não podendo, vale a pena acompanhar O Insecto. 

Podem lê-lo AQUI.

padre paulo.jpg

 

14 comentários

Comentar post

Pág. 1/2