Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Não me lixem: um frango assado não é um frango feliz


Gostava que alguém me explicasse porque é que quem abre uma casa de frangos assados põe sempre um logotipo onde um frango feliz nos sorri, à porta. Juro que não percebo. Eu, quando olho para o franguito sorridente, penso sempre: xinamén, coitado do bicho, tão contente, não sabe o que o espera, vai ser assado e comido e ainda faz cara alegre... E penso duas vezes antes de entrar.
Claro que também não espero que ponham um frango de lágrima no olho, que isso então era meio caminho andado para me tornar vegetariana... mas, sei lá, talvez evitar a imagem feliz e saltitante do bicho, talvez não pôr imagem nenhuma, hum? Boa ideia? É que eu gosto de frango assado, a sério. Mas quando vejo o bichano de sorriso rasgado... dá-me cá uma angústia...

11 comentários

Comentar post

Pág. 1/2