Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Não chora, Dudu...


Não há coisa que me toque mais ao coração que ver um homem a chorar. E assim destes, do futebol, treinados para serem maus e machos e não sei quê, ainda mais. E este, coitadinho, que fez das tripas coração para que as bolas não entrassem na baliza portuguesa, mais ainda. Por isso, não chora, Dudu, não chora. Já passa. Quer uma sopinha, quer? (eu sei que não é muito apelativo, ainda por cima com este calor, mas cá em casa é o que há mais). Cá beijinho, cá cafuné. Já passa. Já passa.

5 comentários

Comentar post