Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Nada como a letra do Quim Barreiros...

...Para me resgatar à tristeza.
Estava aqui a trabalhar, a aviar textos como se não houvesse amanhã, quando começou a dar um programa da tarde. O Quim Barreiros entra então em cena a cantar:

Se és o meu borracho
mete a mão aí em baixo
abre a boca e fecha os olhos
vais sentir prazer aos molhos
quando a coisa amolecer
e o licor então verter

Bombom, é tão bom, amor!
O meu cherrie
é um bombom que tem licor.

Tristeza? Neura? Quais quê?! Com esta letra passa tudo! É de uma elevação, de um nível, de uma fineza... chique a valer.

13 comentários

Comentar post

Pág. 1/2