Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Lentes de contacto

Ontem, na óptica, até correu bem. Quer dizer, o rapaz levou dois séculos a conseguir tirar a lente do olho direito, mais dois séculos a conseguir colocá-la, e repetiu o processo no olho esquerdo. Normal. Veio com elas nos olhos, todo contente por conseguir enxergar sem óculos, e para as tirar nem foi assim um drama tão grande como esperava. Mas hoje…

Hoje...
Já transpirei, já gritei, já tentei, já soprei para a cara dele, já quase lhe dei um estalo.
Ele sopra, berra com a lente, deixa-a cair, enerva-se, até já se sentiu mal.
Tem duas enormes desvantagens: pestanas densas como vassouras e olhos rasgados onde a lente parece que nem cabe.
Acabo de o mandar fazer um intervalo e sair com o cão à rua, para apanhar ar na marmita, a ver se volta com outro ânimo.
Que filme!

23 comentários

Comentar post

Pág. 1/3