Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Histórias de encantar

No outro dia recebi a informação de que o Pingo Doce tinha, disponível para o iPad, uma aplicação de Histórias de Encantar. Confesso que não liguei muito porque achei que era uma parvoíce, agora "histórias powerd by supermercados", sim, sim, na volta as personagens ainda iam comprar chouriças e legumes ao Pingo Doce, coisa mais linda. Pois bem, num dia qualquer em que a Mada estava particularmente chatinha (mais do que o costume), e andava de roda de mim a pedir-me o iPad e histórias e jogos e cantigas... vi a aplicação. E, como a primeira história da colecção era gratuita, pumbas: descarreguei. Tenho de dar a mão à palmatória. A aplicação é tão gira, tão gira que não se acredita. Não tenho nada contra o Pingo Doce, atenção, mas não esperava tanto, pronto. A Madalena está verdadeiramente enlevada e já sabe a história da Branca de Neve de trás para a frente.
As imagens são muito giras, a história aparece em texto mas também tem uma voz que faz a narração mais as vozes das personagens, e há cantigas e os bonecos mexem quando se toca com o dedito no ecrã! É tão giro, está tão bem feito. Claro que já descarreguei as outras duas histórias que lá estavam. Apesar de não serem gratuitas eram tão baratinhas que não achei abusivo (principalmente depois de ver a qualidade da primeira). Agora, a Mada já tem, além da Branca de Neve, o Gato das Botas e o Soldadinho de Chumbo. Esqueçam. Não quer saber destas duas. Só a Branca de Neve a encanta e, por isso, anseio pelo dia em que os senhores do Pingo Doce tenham mais histórias de princesas. Fica o repto: queremos a Bela Adormecida, a Gata Borralheira, a Rapunzel, entre outras. Fáxavore? Fáxavore?
A Mada e a mãe agradecem.
É que é um descanso.

14 comentários

Comentar post

Pág. 1/2