Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Graçola na São Silvestre

Quando chegou ao final da prova, o meu gajo diz que se sentia a morrer. Tossia por todo o lado, tinha muita vontade de vomitar, e quando um amigo o encontrou nem conseguiu trocar duas palavras com ele. Estava o homem nisto, todo aflito para respirar, quando uma rapariga se ajoelhou aos seus pés. Diz o engraçadinho que pensou: «Olha, queres ver que isto é um prémio especial por ter feito um bom tempo? Mas também não foi assim um tempo tão bom...» Olhou para baixo, com cara de espanto (e contentinho com a ideia, imagino), quando a rapariga explicou: «Vou só tirar o chip» (para quem não sabe, a malta nas corridas leva um chip nos ténis). O espirituoso respondeu, supostamente aliviado: «Ah! Ok, ok.»

Parvalhão.

2 comentários

Comentar post