Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Feliz Nataaaaaaaaal

Entre a azáfama das compras, presentes para toda a gente, as lufa-lufas dos cozinhados (ficámos de levar sobremesa de colher) vão passando os dias. Este ano o Natal é em casa da prima Cris, que, por sorte, fica do outro lado da rua, a dez passos da minha. Há nove anos que é assim: ora na nossa casa, ora na dela. Seremos, este ano, 21 à mesa. A tia Marquinhas já não estará connosco, é o primeiro Natal sem ela, mas a Madalena, por outro lado, chegou ao mundo e será a sua estreia.
Os rapazes vão de calçãozinho, todos pipocas, ela vai de vestido de xadrez, muito princesinha.
Cada um de nós tem um amigo secreto a quem comprou presente. É a primeira vez que fazemos isto mas parece-me bem porque somos cada vez mais. Temos sorte, cá em casa, porque nos nove anos de casados, conseguimos sempre juntar a minha família e a família dele, quer na noite de 24, quer no dia 25. Gosto da azáfama, da mesa enorme, de estarmos todos juntos.
A todos os leitores do Cocó, um muito Feliz Natal!

35 comentários

Comentar post

Pág. 1/4