Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Et voilá

O Manel acordou, sentou-se para comer os cereais e levantou-se de um supetão, branco como a cal. «Estou a ver tudo azul, estou a ver tudo azul», que é a maneira como sempre descreve a sensação de desmaio. Foi à casa de banho, vomitou, ficou mais branco ainda, as orelhas translúcidas, desorientado e cambaleante. E pronto. Ficou em casa. Não sei se é o mesmo bicho dos irmãos, se é outro bicho, se é sequer um bicho ou se foi um mal-estar passageiro. O que sei é que a irmã ouviu barulho, quis ir para junto dele, e dormem agora os dois na minha cama. Será que vai começar tudo outra vez?

15 comentários

Comentar post

Pág. 1/2