Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

E sai mais uma laringite para a mesa do canto

Era uma da manhã quando o pai se foi vestir para levar a pequena Mada ao hospital. Estava há duas horas a tossir consecutivamente, sem parar um único segundo, e à uma da manhã começou a vomitar e havia sangue, do esforço brutal a que os pulmões e a garganta estavam a ser sujeitos.
Nas urgências, disseram que tem - também - uma laringite. Fizeram aerossóis e veio para casa. O Ricardo falou à médica de serviço do exagero dos medicamentos que ela está a tomar e ela disse que estão todos certos, nada a fazer.
Madazinha chegou a casa às 3 da manhã, mais verde que nunca (o que, se não fosse uma dor de alma para todos, seria uma grande alegria para o irmão que sofre de sportinguismo agudo). Adormecemos todos e por volta das 8h recomeçou o seu martírio. Esteve mais de uma hora a tossir sem intervalo, até finalmente passar. Está agora a dormir um sono fundo e exausto. Quando é que isto acabará?

24 comentários

Comentar post

Pág. 1/3