Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Diferentes opiniões sobre aquele vídeo de há pouco

Ele pôs-se a ver o vídeo que eu aqui postei sobre o pedido de casamento que se transforma num casamento. Eu disse: «Gosto até aqui» (apontando a parte do pedido). Ele continuou a ver. Só dizia:
Fogo! Fónix! Tchiiiiii! Espectacular! Eeeeeeh! C 'um caraças!, entre outras exclamações similares. Depois começou a controvérsia. Ele a achar tudo maravilhoso, eu a dizer que a mulher não tinha tido qualquer hipótese de organizar nada naquele que devia ser um dia tão especial, ele a exclamar um «organizar? o quê? a seca das mesas?» e «queres mais especial que isto?», eu a falar no vestido, «e o vestido? qualquer noiva quer surpreender com o vestido, esta desgraçada recebeu um colete de forças pela cabeça abaixo», ele a encolher os ombros, que se lixe o vestido, o que é que importa a escolha do local e a decoração e as mesas e os convidados e a música... ele tratou de tudo, já viste que bom? Um casamento inesquecível. Eu continuo na minha. Acho o pedido lindo, acho uma produção soberba, mas o homem dá-me medo, aquilo tudo assim decidido arrepia-me a espinha, parece uma coisa assim meio psicopata, tipo «pensei em tudo, tratei de tudo, não tens de fazer nada, é melhor que não faças nada, deixa-te estar quieta, e amanhã se pensares em ir trabalhar ou tomar um café com umas amigas levas um bufardo no focinho que é para não teres ideias». Não sei... posso estar a ser muito injusta e o noivo ser só mesmo muito fofinho e empenhado. Mas... imaginem só que ela dizia que não...

11 comentários

Comentar post

Pág. 1/2