Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Conclave

Tenho uma pergunta para vos fazer. Vocês concordam com o celibato dos membros da igreja? Acham que isso é mesmo importante? Não confiariam mais num padre que é completo, no sentido em que vive e experimenta todas as vertentes da vida? Não vos parece que era um aspecto positivo, este de tornar estas pessoas mais pessoas e menos intocáveis? É que... a menos que um padre seja castrado quimicamente, ele continuará a ser um homem. E a parte emocional e sexual fazem parte da vida de qualquer ser humano. São naturais como a sede. Estar a castrar isso, nem nome de uma vida dedicada a Deus, não será uma violência desnecessária? Não virão daí mais malefícios que benefícios?

Gostava de ter a vossa opinião. Já sei que isto é um dos temas mais debatidos de sempre, mas pronto. Aqui ainda não tinha havido este debate e o conclave é uma boa deixa.
Eu cá, pessoalmente, gostava que o novo Papa desencravasse esse assunto, coisa que, no entanto, suspeito que vá ficar esquecida numa das gavetas do Vaticano. Mas pronto. Isto sou eu, que não percebo nada do assunto. Digam-me de vossa justiça.

80 comentários

Comentar post

Pág. 1/8