Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Comentário fofinho da semana

"A Sónia corre corre mas não perde o ar de mulher a dias".

Olha que coisinha fofa que aqui está!

Então vamos lá escalpelizar isto:

1) O que raio será "ar de mulher a dias"? Assim de repente, numa análise breve, nenhuma das mulheres a dias que tive tinha um "ar". Não eram sequer parecidas, não se vestiam da mesma maneira, não falavam de forma similar. Fico cheia de dúvidas, portanto, sobre que ar será esse que eu tenho e que se assemelha aos das mulheres a dias. Será o ar de mulher que trabalha? Se é isso, agradeço muito o elogio, sim, não sou uma dondoca vazia e fútil, trabalho e não é pouco, e poderia perfeitamente ser mulher a dias se tivesse que fazer pela vidinha (não que tivesse muito jeito, porque para tudo é preciso talento).

2) Passando para o segundo ponto deste bonito comentário: então mas admitindo que eu tinha esse ar de mulher a dias (que não renego, eu que nem sei o que isso é), seria a correr que o ia perder? As pessoas que correm andarão, na verdade, a tentar perder o seu ar de mulher a dias? Amigos runners, digam a verdade: é por isso que andam por aí a comer quilómetros? Será que depois de correr os 42km da maratona, no dia 18 de Outubro, conseguirei ter outro ar? 

Dúvidas. Tantas e tão perturbadoras dúvidas que este blogue me traz...

 

79 comentários

Comentar post

Pág. 1/7