Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Caldas da Rainha

Hoje estive nas Caldas da Rainha, em reportagem, e fartei-me de ver bolos de formas fálicas nas vitrinas das pastelarias e até nas montras. Imaginei o embaraço que sentiria de pedir um bolo em forma de pirilau e de me pôr a trincá-lo ali mesmo em frente a duas idosas, mas o embaraço havia de ser só meu, já que a coisa está de tal modo vulgarizada que trincar um falo ou um pastel de nata há-de ser igual ao litro. O meu colega fotógrafo deixou então a questão pertinente: «Eh pá, isto com tantas pilas assim nas montras... como será a sexualidade desta malta? Na volta, de tão acostumados que estão com isto desde pequenos são bem mais à frente...»

Acusem-se, então, caldenses! Vocês são mesmo uns gandas malucos? Não há cá tabus que vos acanhem?

7 comentários

Comentar post