Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Amigos emigrantes

Quero mandar-vos um abraço apertado. Mesmo. Se eu passei por isto, no meu país (ver post anterior), nem quero imaginar as histórias que vocês terão para contar. Nem todos terão, claro, nem todas as pessoas são xenófobas, racistas e má gente como aqueles dois nojentos com quem me confrontei. Mas muitos portugueses emigrados terão episódios semelhantes ao meu para contar. Com a agravante de estarem num país que não é o seu. Com todo o maior desconforto que isso implica. A sério. Um abraço apertado.

21 comentários

Comentar post

Pág. 1/3