Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

A notícia da alegada cedência do terreno da escola a uma rent-a-car no jornal SOL

http://www.sol.pt/noticia/419457/cedência-de-terreno-de-escola-em-lisboa-causa-polémica

 

Farta desta promiscuidade toda. A freguesia tem crianças a dar com um pau. E não há maneira de se acabar a escola, que está orçamentada no Ministério da Educação há 3 anos. Pouca vergonha.

"Ah, vocês vivem na Expo têm dinheiro para pôr os miúdos em colégios!" Argumento ridículo. Primeiro porque não é verdade. Nem todas as pessoas que aqui vivem têm dinheiro para ter 1, 2, 3, 4 filhos em colégios. Depois, porque o direito ao ensino público vem na Constituição e é PARA TODOS. Terceiro, porque pode nem sequer ter que ver com uma questão de ter ou não dinheiro, pode ser uma questão de princípio, ter os filhos em escolas e não em colégios (conheço imensa gente com capacidade financeira para ter os filhos em colégios mas que prefere dar-lhes essa visão eclética do mundo). Quarto, porque pagamos tantos ou mais impostos que os demais cidadãos (pegando no argumento do dinheiro que supostamente temos, também pagamos mais impostos). 

 

Espero sinceramente que esta cena da rent-a-car não aconteça. Porque suspeito que os pais, cansados como andam desta palhaçada toda, não fiquem de braços cruzados. Pela minha parte, não tenciono ficar.

18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2