Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

A minha Patrícia, finalmente

Trabalhámos "juntas" sem nunca termos estado juntas. Ela era produtora do programa Pais & Filhos, que apresentei na TVI 24, era ela que ajudava na escolha dos nomes, que ligava às pessoas, que marcava tudo. Era o apoio que nunca tive, enquanto jornalista de jornais ou rádio. Nos jornais (e na rádio enquanto colaboradora) nunca tive essas mariquices de alguém que fizesse os contactos por mim e marcasse tudo. Sempre me acostumei ao "one woman show" e soube-me muito bem essa diferença, desta vez. Mas soube-me bem sobretudo porque era ela. Uma miúda esperta, desenrascada, com sentido de humor, super profissional. Os anos de vida e de profissão deram-me uma certa intolerância para gente que se leva muito a sério ou que tem peneiras a rodos ou - pior que tudo - que é incompetente e mole e que não só não ajuda como atrapalha. Ora, a Patrícia era o oposto de tudo isto. Era vivaça, alegre e despachada. Quando havia um problema solucionava-o; não ficava às voltas sobre si mesma, lastimando a "desgraça". Em suma, um deslumbramento.

Acontece que a Patrícia vivia e trabalhava no Porto. E eu em Lisboa. De maneira que o nosso contacto se fez sempre por email, por telefone, por mensagens várias. Mas criou-se entre nós uma empatia daquelas raras, imediatas, genuínas.

Hoje foi o dia de a conhecer, finalmente. Demos um abraço daqueles que - está provado cientificamente - fazem bem ao coração. Um à chegada e outro à partida, ou seja, hoje o meu coração recebeu uma dose suplementar de saúde. Almoçámos juntas, conversámos sobre as nossas coisas e, tenho para mim, que a vida nos pôs no mesmo caminho e hoje em particular no mesmo abraço por uma forte razão. Obrigada por isso, vida. 

 

 

Ah, sobre o programa Pais & Filhos, houve muita gente a perguntar se tinha acabado e eu nunca respondi porque não sabia (e não pelas razões maquiavélicas e secretas e dignas de um filme de conspirações que alguns chegaram aqui a apontar - há malta que devia cancelar os Netflix da vida, e parar com as séries, mesmo a sério). A TVI 24 dizia que queria uma segunda série, que sim, depois que talvez, quem sabe, se calhar não. Acho que agora já é seguro dizer, sem cometer um erro de julgamento ou uma injustificada precipitação, que o programa Pais & Filhos terminou. 

3 comentários

Comentar post