Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

A Festa

É oficial: a festa dos 40 anos do meu homem foi a festa mais gira a que já fui. De longe! O restaurante (Alfandega) só para nós - obrigada pela dica, Ângela (sentimos a tua falta...) - praticamente todos os nossos amigos, um filme engraçado que preparei para surpreender o aniversariante, e depois o grande momento da noite: a banda 2U (banda portuguesa de tributo aos U2), contratada pelo Ricardo para animar a noite, foi uma surpresa total. Sou franca: quando ele estava a organizar a festa e disse que estava a pensar contratar uma banda, torci o nariz. O restaurante já tinha DJ, achei que não se justificava, que se calhar o concerto ia deixar as pessoas muito paradas e moles e que podia bem ser a debandada geral. Não me podia ter enganado mais. Que banda fa-bu-lo-sa! O vocalista, além de cantar maravilhosamente, é um entertainer de mão cheia e pôs toda a gente a dançar, a cantar e aos pulos. Os músicos também eram incríveis e acho que não houve ninguém que não tivesse ficado rendido.
Depois, entrou em cena o DJ do Alfândega. Outro show! Foi todo um recuar no tempo, música mesmo boa, dançámos que nem doidos e até saiu um Harlem Shake maluco que nos pôs todos a rir até às lágrimas (e acho que está filmado - M-E-D-O!)
A festa acabou perto das 5h e ainda houve uma pequena grupeta, onde nos incluímos, que seguiu para o Plateau. Mas a verdade é que o Plateau, perto da festa no Alfândega, não estava com piadinha nenhuma.


 



6 comentários

Comentar post