Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

75% de regresso às aulas

A casa quase vazia. Três já na escola. Falta apenas um.

Neste tempo, sentimentos que se misturam. Por um lado é bom poder voltar ao trabalho em força - coisa que, com eles em casa, não é de todo possível. Também é bom o regresso do silêncio à casa e será bom, para a semana, voltar ao escritório. E não me agrada menos o facto de não ter de cozinhar para 6 ao almoço e para 6 ao jantar, que é algo que, para além de incrivelmente dispendioso, é um exercício de criatividade absolutamente engenhoso. Assim como há um lado exultante no facto de ir conseguir manter as coisas um bocadinho menos caóticas (atenção que não descarto o caos, de uma forma ou de outra sempre presente, mas já me satisfaz a sua diminuição).

Por outro lado, são os meus meninos que vão passar o dia todo fora. A crescer longe. E este tempo em que ficámos o dia todo uns com os outros foi bom, foi construtivo, foi unificador. Há sempre uma certa sensação de desmembramento neste mês de Setembro. Que é libertadora e dolorosa ao mesmo tempo. Porque nada é completamente bom ou completamente mau. O segredo está em aprender a apreciar este agridoce que a vidinha sempre nos traz.

Bom ano lectivo para a miudagem. E para os pais.

5 comentários

Comentar post