Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

25 de Dezembro

Dia de almoçar em casa da minha mãe. Com os meus sogros e outros primos.
Mais animação. Mais presentes. E o Sozinho em Casa a passar na televisão.
A seguir, a abertura da caixinha, como já vem sendo tradição há anos. A caixinha é um mealheiro de madeira, muito antigo, onde os meus sogros depositam moedas de 2 euros ao longo do ano, até não caber nem mais uma agulha. E vai sempre para a conta dos miúdos. Este ano deu 620 euros.
Este momento é sempre muito bonito. Sim, é dinheiro, mas tem todo um simbolismo apenso. Significa poupança, esforço, empenho. Os miúdos sentam-se no chão, fazem montinhos com 5 moedas, e no final fazem as contas. Os avós ficam a olhar, emocionados. E depois vai tudo para a poupança, para que um dia possam dar-lhe bom uso. Tem, além do mais, a vantagem de nos ter contagiado e, cá por casa, também já fazemos a nossa poupança de moedas anual. 

12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2