Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Espírito de Natal

IMG_6174.jpg

IMG_6178.jpg

 Camisolas natalícias (lindas!) da Mada e do Mateus: Zippy 😍

 

As crianças cá de casa adoram esta época. Sobretudo a Madalena, que é a beatinha da família, sempre a cantar cantigas que metem a virgem Maria e os pastorinhos e o menino. Eu, apesar do meu ateísmo, também. Porque apesar de ter este infortúnio de não acreditar em Deus, acredito que Jesus há-de ter sido um bom homem, e acredito que os valores cristãos, quando são levados a sério, são bons valores para levar em linha de conta (no fundo, trata-se de ser boa pessoa, acredite-se ou não em Deus, até porque há quem bata com a mão no peito e se diga muito crente mas depois é pior do que uma cobra e não faz por ninguém absolutamente nada de bom). Adiante.

Gosto de fazer a árvore de Natal com eles, com músicas de Natal como banda sonora. Aliás, adoro músicas de Natal. Posso ouvir até ao enjoo. Gosto de começar a pensar na noite, na família reunida, na ceia, no presente para o amigo secreto. Gosto de preparar um espectáculo para a família, com os miúdos, qual família Von Trapp. Gosto de decorar a casa. Gosto das iluminações de rua, de uma certa alegria colectiva, dos eventos natalícios que há por aqui e por ali, dos jantares de Natal.

Este fim-de-semana fizemos (finalmente) a árvore porque antes a casa esteve em obras. E fomos à Vila Natal de Cascais.

IMG_6239.jpg

IMG_6230.jpg

IMG_6237.jpg

IMG_6249.jpg

IMG_6251.jpg

IMG_6258.jpg

IMG_6322.jpg

IMG_6349.jpg

IMG_6376.jpg

IMG_6369.jpg

IMG_6362.jpg

IMG_6296.jpg

IMG_6244.jpg

 

10 milhões de estrelas

10 Milhões de Estrelas.png

 

Natal e velas liga sempre bem. Se as velas forem da Cáritas... ainda melhor. 

Este Natal há velas da Cáritas à venda em todos os supermercados Pingo Doce (uma por 1€ ou o pack de 4 por 4€).

100% do dinheiro angariado vai servir para ajudar quem precisa: 65% reverte para os projectos das Cáritas Diocesanas e 35% para apoiar refugiados na Grécia.

Podem saber mais AQUI.

 

Mada, a espertinha

A Madalena teve 100% no teste de Matemática. E 100% no teste de Estudo do Meio e 90% no teste de Português.

E está bastante incomodada com o 90% a Português.

Pergunto-me se será minha filha.

 

(vá, não é que os irmãos sejam maus alunos... mas nunca foram assim)

(sim, ainda tem um longo caminho para poder tornar-se uma aluna assim-assim ou mesmo medíocre. Nada de embandeirar em arco)

Lhônte

O Mateus deixou a cama de grades.

Não foi um passo intencional, foi mesmo porque no outro dia vomitou na cama e não teve outro remédio senão dormir na cama grande que lhe estava destinada. Como gostou, ficou. Nessa primeira noite caiu da cama duas vezes (não foi grave porque, antecipando essa possibilidade, enchi o chão com cobertores e almofadas) mas na noite seguinte já tinha uma daquelas barreiras para evitar que a cama se transforme num precipício (pode não magoar mas dá um cagaço desnecessário enquanto se dorme).

Há duas noites, o Mateus estava na sala e, às tantas, deu um beijinho a cada um de nós, chegou ao corredor, olhou-nos e disse: "Lhônte!" Para quem não sabe Mateusês, "lhônte" quer dizer "boa noite".

E assim foi. Disse "lhônte" e sumiu pelo corredor fora. Achámos que tinha ido até ao quarto mas que em menos de nada estaria de volta. Não voltou. Quando o fomos procurar, lá estava ele a dormir profundamente na sua cama nova. Rapazinho decidido e autónomo.

Claro que em breve começarão as excursões até ao nosso quarto a meio da noite, o que não terá tanta graça. Mas se me disser "lhônte" com aquele ar docinho... conquista-me em três tempos.