Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Alguém quer alistar-se na marinha norueguesa?

Anda por aí um Tenente a meter o mulherio nervoso. Sim. Não bastava o rapaz que lava camisas e estende e passa a ferro, agora temos também um Tenente da Marinha da Noruega, 30 anos, farta cabeleira, e um corpanzil de meter respeito, a arrancar suspiros por essa internet afora. Chama-se Lasse Matberg e por causa dele é bem capaz de aumentar o número de alistados na marinha norueguesa. Eu para a Noruega não me dá muito jeito ir. Mas se ele quiser cá vir lavar a roupa também... por mim podemos transformar esta casa numa lavandaria. 

viking 1.jpg

viking 2.jpg

viking 3.jpg

viking 4.jpg

viking 5.jpg

viking 6.jpg

viking 7.jpg

viking 8.jpg

viking 9.jpg

 

What's On

Fui convidada a escrever no What's On. E o que é o What's On?, perguntam vocês e muito bem. Ora, o What's On é uma nova área com conteúdos de lifestyle que existem nos sites dos oito maiores sites da Sonae Sierra (Colombo, Vasco da Gama, CascaisShopping, Rio Sul, Loures Shopping, NorteShopping, Gaia Shopping e Arrábida Shopping). Arrancou em Abril e tem artigos que interessam a quem frequenta centros comerciais: moda, família, desporto, cultura. 

Dentro do What's On há um blogue com três bloggers residentes (onde se inclui esta vossa serva) e bloggers convidados, que vão rodando. 

O meu primeiro artigo já saiu e está AQUI.

birra.jpg

 

Vencedores do passatempo Workshop #Receitaperfeita

Receita perfeita.jpg

E já estão escolhidos os vencedores do passatempo Workshop #Receitaperfeita!

Estes 12 sortudos vão poder - já esta sexta-feira, dia 13 de Maio - aprender a fazer um menu saudável e, a seguir, jantar como reis comigo, com a nossa Mónica Alves Pereira que será a chef a comandar as operações, e - claro - da Raquel Brinca, a extraordinária fotógrafa de serviço, da HUG.

E quem são os vencedores?

- Ana Sousa (e acompanhante) 

- Rita Galvão (e acompanhante)

- Sara Bandeira (e acompanhante) 

- Susana Duarte Lage (e acompanhante) 

- Joana Alegria (e acompanhante) 

- Nuno Cordeiro (e acompanhante) 

   

Relembro então que o jantar é esta sexta-feira, dia 13 de Maio, no Cooking Memories, em Cascais.

A morada é: Marina de Cascais,
Loja 27 A, 2750-800 Cascais

Telemóvel:+351 961773417

Telefone:+ 351 211 999 077

E-mail: info@cookingmemories.pt

 

 

Relembro também que o Lidl é o patrocinador principal destes Workshops e que vamos contar com os seus produtos para elaborar a #receitaperfeita!

Também os cafés Kaffa vão marcar presença, de maneira que a refeição não estará completa sem um cafézinho gostoso. Ah, e sem o sorteio de duas máquinas de café da marca!

Molas para Meias

Ora aqui está um tema sensível.

Meias.

Ai meias.

Há 12 pés cá em casa. Os números começam a ser muito semelhantes. O Manel calça o mesmo que o pai, o Martim está quase a apanhar-me e até a Madalena já tem um número de meia que permite confusões. 

Ou seja: é o caos.

Lavar meias e encontrar os pares é um pesadelo.

Depois, há meias que ganham vida própria e somem. Andam sumidas e os seus pares emparelham com outras. As lavagens ficam desencontradas, de maneira que uma fica mais ruça que a outra e, às tantas, os azuis não combinam. 

Há ainda as que têm diferentes alturas. Umas mais altas, outras mais pequenas, anda ali uma pessoa a medir tudo com um olho fechado e o outro aberto, a tentar atinar com o tom, com a altura, com o tamanho.... AAAAAAAAARGHHHH!

Quando fui contactada pelos senhores, que queriam enviar umas molas para eu experimentar, pensei: olha que bela ideia!

Basicamente, são umas pequenas molas que seguram o par de meias antes de ir para lavar. Elas vão juntinhas para a máquina e, como a mola tem um gancho, ficam juntinhas penduradas no estendal. A seguir... bom, a seguir é só dobrar! E como as molas têm cores diferentes, pode atribuir-se uma cor a cada elemento da família (por acaso não sei se têm 6 cores distintas, tenho de ir confirmar), e assim é fácil saber, logo no estendal, de quem são. Não é bestial? Eu estou rendida.

Obrigada, Molas para Meias!

Obrigada senhores que têm boas ideias! E... se ainda não têm 6 cores de molas diferentes toca a tratar disso! As famílias numerosas são quem mais pena com as meias desirmanadas.

MOLAS PARA MEIAS.jpg

 Mais sobre as Molas para Meias AQUI

 

70

A festa propriamente dita é no sábado. Mas ontem, que era o dia dos 70 anos, fomos jantar fora. Eram para ter ido também os meus sogros e a minha boadrasta, mas a sogra continua de estaleiro por causa do pé partido (nem perguntem) e a boadrasta está em Aveiro, perto da mãe, da filha e do neto. Então fomos só nós, a aniversariante, e o meu pai. Como todos adoramos fado... escolhemos a Adega Machado, um clássico. Confesso que ficámos surpreendidos com a diferença do espaço. Foi assim uma espécie de total makeover! A Adega Machado passou por maus momentos, esteve fechada uns anos, até ser comprada por um grupo que lhe deu uma grande volta. Está moderna, elegante, muito bonita. No início custou um bocadinho encaixar a mudança (uma pessoa acostuma-se aos azulejos, aos arcos em pedra a dividir salas, às madeiras) mas não há dúvida de que está muito luminosa e com classe, e que manteve alguns apontamentos do antigamente, que não podia perder. Não tenho a certeza de que a mudança tenha cativado o meu pai, pessoa que aprecia uma certa tradição intocável, mas adiante. :)

Captura de ecrã 2016-05-12, às 12.31.13.png

Captura de ecrã 2016-05-12, às 12.31.55.png

Captura de ecrã 2016-05-12, às 12.30.55.png

Estavam sobretudo - como muitas vezes acontece nas casas de fado - turistas. E sinto sempre pena. Porque o fado é a nossa bandeira, no mundo, mas por vezes não é devidamente apreciado cá dentro. Como se fosse tão parte do nosso ADN que não lhe dessemos o devido valor. É verdade que não é propriamente barata uma noite de fados. Mas... que diabo, os restaurantes da cidade estão sempre cheios (tenho passado por verdadeiras paranóias para marcar mesa a um dia de semana e torna-se impossível se for fim-de-semana) e não é só de turistas. E jantar numa casa de fados é jantar com direito a espectáculo! E o de ontem... foi soberbo.

Sou suspeita. Adoro o Marco Rodrigues. Também ouvimos o Pedro Moutinho e a Isabel Noronha, de quem também gosto muito, mas o Marco Rodrigues... tem aquele vozeirão que me faz parar tudo só para o ficar a ouvir e que consegue, em alguns momentos, atingir aquele ponto em que me comovo. Eu sei, eu sei... é fácil pôr-me de lágrimas nos olhos. Mas o fado, cantado sobretudo por vozes masculinas, tem um efeito paralisante em mim, ou não tivesse crescido a ouvir os discos do enorme Carlos do Carmo, vezes e vezes sem conta. Fico imóvel, fecho os olhos, arrepio-me e, às vezes, tremo o beiço. Foi o caso de ontem.

Captura de ecrã 2016-05-12, às 12.31.28.png

O jantar estava excelente (o arroz de tomate que vinha na minha entrada era sublime) e, no final, como levámos bolo a minha querida mãe teve direito a ouvir cantar os parabéns pelos três fadistas, que vieram à mesa desejar felicidades. Tão bom, mas tão bom! Não é todos os dias que se faz 70 anos.

Em boa hora deixámos pequeno Mateus em casa. Tinha sido um pandemónio, o gajo aos gritos e tudo a pedir silêncio, que se estava a cantar o fado! Os outros portaram-se maravilhosamente e adoraram a noite de fados. Nada de estranho. Afinal, o fado corre nas veias de todos nesta família. Parabéns, mãe!

IMG_3580.jpg

IMG_3593.jpg

 Bolo da Rosa Choc: eu disse que ia virar cliente!

 

A Adega Machado fica no Bairro Alto, na Rua do Norte, 91.