Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Não estou nada acostumada a isto

A diferença entre a miúda e os rapazes cá de casa (pelo menos até à data):

Rapazes.

- Têm de fazer os trabalhos! Têm de estudar! Bora lá!

- Eissshhhh... mais logo! Não pode ser amanhã? Fogo, também!!!! É sábado... nunca se pode descansar?

(e por aí fora, num nunca mais acabar de queixumes vários).

 

Rapariga

- Mãe, vou fazer os trabalhos e quando acabar não te importas de me passar exercícios de Matemática para eu fazer?

 

 

 

 

Dodot Activity = #DodotNãoDescai*

No fim-de-semana passado fui ao lançamento oficial das Dodot Activity com nova tecnologia de tubos ultra absorventes que distribuem a humidade uniformemente por toda a superfície da fralda, de forma a que esta fique mais seca e não descaia.

Sabem quando os bebés parecem umas abelhinhas, com as fraldas penduradas? Pois bem... isso acabou com estas novas fraldas. Mesmo.

Mostrei a experiência que fiz AQUI e voltei a experimentar agora, no evento da Dodot, com a Ana Garcia Martins e um dos especialistas da marca. O evento foi muito interessante, com a presença de uma médica a explicar as vantagens de uma fralda que não descai (até em termos de aquisição de marcha), e com uma série de mães que puderam comprovar as diferenças entre uma fralda e outra, assistindo à experiência feita in loco.

D2463-026.jpg

D2463-049.jpg

D2463-029.jpg

D2463-130.jpg

D2463-142.jpg

D2463-183.jpg

D2463-189.jpg

  

 

*Post escrito em parceria com a Dodot

Pixmania = gamam e ainda gozam, que alegria!

Depois de relatar o que me aconteceu com a Pixmaria NESTE post, voltei a insistir várias vezes com a empresa, na tentativa vã (e ingénua) de receber o meu dinheiro de volta. Estamos a falar de 850 euros que vi desaparecerem, sem nunca ter chegado o produto que encomendei. Muitas pessoas sugeriram que cancelasse a ordem de pagamento do cartão de crédito, com o banco. Pois. Acontece que não paguei com cartão de crédito. E o banco nada pôde fazer.

Adiante.

Depois de muito praguejar, de muitos emails sem resposta, de muitos telefonemas com respostas evasivas, depois de me sentir profundamente enganada, desisti. Percebi que era dinheiro perdido, nada a fazer.

Até que... recebo este email:

Captura de ecrã 2016-04-23, às 13.32.41.png

Fiquei de tal modo incrédula que, para explicar o que me tinha acabado de acontecer, só conseguia balbuciar palavras soltas, sem sentido. Durante para aí dois minutos gaguejei, toda escarlate de raiva, e quem me viu juraria que estava à beira do AVC.

Estes tipos são bestiais! Gamam e ainda perguntam se estamos satisfeitos. Haja sentido de humor!

Muita, muita, muita vontade de partir para a violência, confesso. 

 

(entretanto já saiu na DECO Proteste um artigo que mostra não estou sozinha)

O 4º filho

Com o primeiro filho, trazemos para um fim-de-semana prolongado uma mala só para e mais um saco daqueles grandes, repleto de coisas. É verdade que nunca fui muito obcecada em levar toda a sorte de tralha e sempre tive uma grande descontracção, mas agora que cheguei ao 4º filho... descubro que não trouxe os produtos do banho, o champô de bebé, e para brincar só veio um carrinho minúsculo que por acaso estava dentro da mini-mochila das fraldas. Vá lá que trouxe as fraldas.