Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Tiago

Morreu hoje um dos meus amigos mais antigos. Morámos mais de 20 anos no mesmo prédio, ele no 1º andar, eu no 6º. Brincámos muito. Crescemos e fizemos muitas maluquices juntos, na adolescência. Passámos férias numa praia deserta, ele caçou polvos para o jantar e temos fotos na "Pensão Estrelinha". Foi em casa dele que vivi muitas coisas, algumas delas pela primeira vez. Travámos algumas lutas juntos, nomeadamente a construção de um half-pipe nas traseiras do prédio. 
A vida levou-nos para caminhos diferentes mas seguíamo-nos pelos facebooks da vida e há tempos tivemos um jantar de recordação desses anos dourados. Foi fácil perceber que há pessoas com as quais temos uma história tão forte no passado que nem precisa de presente. Estivemos juntos como se nos tivéssemos visto apenas há dias. 
Quando soube que tinha cancro no pâncreas, juntei-me com duas amigas desses tempos e fomos vê-lo. Estava combativo, com aquela graça e garra dele. "Vou saltar para cima do cavalo e dar luta a este gajo". 
O filho da puta do cancro levou um dos meus amigos mais antigos. Tinha a minha idade. Uma filha pequena. Uma mãe querida que não merecia perder um filho.

Odeio-te cancro miserável. 

Quanto ao Tiago... ele não morre dentro de nós, que tivemos o prazer de o conhecer. 

São Miguel, dia 5*

Só houve tempo para o pequeno-almoço e para apreciar mais uma vez as decorações da Páscoa que o hotel fez por todo o lado (amorosos, os coelhinhos de chocolate deixados nas nossas almofadas) e principalmente ficar a fazer um "oooooooooooooooh" perante a cerca com patos, pintos e uma galinha a chocar ovos que o hotel instalou mesmo na recepção. Os miúdos nunca tinham visto um pinto a romper o ovo para nascer, de maneira que foi uma emoção assistir a um nascimento, bem como ver pintos e patos bebés. Esta é malta que leva a Páscoa muito a sério!

patos 5.jpg

patos 4.jpg

patos 3.jpg

patos 1.jpg

Adorei o Hotel Royal Garden e recomendo vivamente. A nossa suite era enorme, os quartos da minha mãe e dos meus sogros eram óptimos. Acho que tem uma excelente qualidade/preço (os quartos duplos são a partir de 79€). Nunca fizemos refeições no restaurante mas comemos 2 vezes no bar do hotel, por estarmos demasiado cheios do almoço e querermos apenas uma refeição frugal. Óptimas sopas, hambúrgueres, sandes e saladas. Acho excelente para famílias porque tem piscina exterior e interior (e a interior não está apenas indicada para adultos ou para os utilizadores do Spa, como acontece em muitos hotéis).

Obrigada pela dica, amigos! Foi realmente excelente.

(clicar na seta da direita para ver as fotos)

 

 

No regresso, mais uma vez de destacar a SATA. Foram incansáveis com a minha sogra, com o elevador que a levou até à entrada do avião, a cadeira de rodas especial que a levou até ao lugar, sempre simpáticos, disponíveis para o que fosse preciso. E de novo os livrinhos de colorir para entreter a criançada, e os menus especiais para os mais pequeninos. 

Adorámos tudo. Os miúdos nem sabem do que gostaram mais.

Havemos de voltar!!!! 

PT_VISITACO_LOGO-04.jpg

 

*Esta viagem teve o apoio do Turismo dos Açores

 

 

 

São Miguel, dia 4*

Na noite do 3º dia, os nossos amigos micaelenses levaram-nos a jantar ao Museu. Comemos maravilhosamente, como sempre. Destaco as lapas, lindas e boas - gosto tantooooo. Havia imensas iguarias óptimas mas estávamos todos tão cheios do almoço que acabámos por nos ficar uns por uma sopa, outros por un bifinhos grelhados...São uns amigos muito queridos e foi pena não termos estado mais tempo juntos mas com os nossos pais era complicado. Fica para a próxima, prometemos! :)

IMG_0175.JPG

 No dia seguinte, que foi o último, fomos à Ribeira dos Caldeirões que é assim um verdadeiro espectáculo.

IMG_3980.JPG

IMG_3976.JPG

IMG_3975.JPG

IMG_3968.JPG

IMG_3954.JPG

IMG_3967.JPG

O almoço... havia tanto por onde escolher... Tentámos o Restaurante da Associação Agrícola de São Miguel, em Rabo de Peixe, que tantos leitores do Cocó recomendaram vivamente, mas tinha 1 hora de fila de espera. Então fomos ao Cais 20, que terá sido dos mais recomendados por vocês também. E muito bem recomendado, deixem que vos diga. Comemos ma-ra-vi-lho-sa-mente. A minha mãe escolheu enguias, os meus sogros e o Ricardo pediram a feijoada de marisco (que tinha muito mais marisco que feijão - muito impressionante) e eu comi uma espetada de polvo divinal (acho que nunca comi um polvo tão tenro e macio)! Os miúdos ficaram-se por pratos mais consensuais e sem história. O dono era muito atencioso, sempre a perguntar se estava tudo bem e muito contente com os nossos elogios. Quando ele recomendou o gelado de canela feito na casa, o Martim torceu logo o nariz: "E se eu não gostar? Não vou gostar de certeza! Não me vão obrigar a comer, pois não? Depois posso escolher outra coisa?" O Manel a mesma coisa. Quando provaram... abriram muito os olhos e já não quiseram mais nada. Ou seja, fica a recomendação: gelado de canela da casa!!!!

IMG_0147.JPG

 Para terminar, fomos para Ponta Delgada, ao Jardim António Borges, ver a figueira australiana que é tão espectacular.

IMG_4009.JPG

 

IMG_4013.JPG

Raízes e frutos. 

 

Estávamos tão cansados que fomos cedo para o hotel Royal Garden. Ainda não tínhamos aproveitado a piscina interior (infelizmente não estava propriamente tempo para aproveitar a exterior que era enorme) e os miúdos andavam a chatear para irem para lá. Assim foi. Os rapazes ainda foram jogar ténis (o hotel tem um court) e depois seguimos todos para a piscina. Estava tudo tão animado que pequeno Mateus nem se atreveu a boiar. Havia demasiada "ondulação". 

piscina.jpg

 

PT_VISITACO_LOGO-04.jpg

 *Esta viagem teve o apoio do Turismo dos Açores