Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Grande iniciativa da DECO

Muitas pessoas garantem que o dinheiro (ou melhor, a falta dele) é a principal razão para não terem mais filhos. E, com efeito, aquilo que se gasta com esta maltinha pequena não é despiciendo. Fraldas, roupas, brinquedos, e toda uma série de tralha que, a bem dizer, não é completamente necessária (para não dizer que é mesmo totalmente desnecessária) mas que nos vendem como sendo imprescindível.

É verdade que se gasta muito mas também é verdade que, de uns filhos para os outros, há muito por onde reciclar: roupa, camas, carrinhos, biberões, brinquedos... O que não se pode MESMO reciclar são as fraldas. Já sei, já sei... Já sei que há fraldas das outras, que se lavam, muito mais amigas do ambiente e tal. Mas a verdade é que a maior parte das pessoas que conheço usa fraldas descartáveis. E, apesar de práticas, as fraldas são caras.

Foi a pensar nos pais e na necessidade que têm de poupar que a DECO criou a campanha FraldasComDesconto.pt. A ideia é que o maior número de pessoas se inscreva para que, de seguida, a DECO possa negociar o melhor preço de compra, possibilitando assim a todos os pais inscritos comprar fraldas para os seus filhos com desconto, permitindo poupar significativamente nesta despesa.

Que tal? O que vos parece? Vamos todos inscrever-nos para conseguirmos fraldas ao preço da uva mijona? (peço perdão mas a graçola era, dado o tema, irresistível)

Eu já estou inscrita!!!

Imagem para publicar no post Campanha Fraldas com

 

Crescer

O Mateus acaba de comer uma pratada de sopa com carne e meio pêssego esmagado.

E eu não consigo deixar de me maravilhar e emocionar com estas evoluções, com estas aprendizagens, com estas descobertas, como se não tivesse já passado por isto 3 vezes. 

Caramba... como é deslumbrante a maternidade!

IMG_1900.JPG

 

Nós

17657_798144430292441_6400900312506838433_n.jpg

O Mateus está cada vez mais querido. Ontem e hoje estivemos longe um do outro muitas horas e se por um lado soube-me bem, por outro custou-me um bocadinho. Ele ri-se à gargalhada, come sopas com carne, fruta e papas. De manhã, acorda a rir, com a boca toda aberta. É um simpático, um bem disposto, um docinho. Raramente chateia. Dorme muito pouco durante o dia (2 horas ao todo), e à noite tem um sono muito inquieto e interrompido (por vezes de hora a hora, outras vezes a espaçar duas e três horas). Sinto-me muito cansada. Tenho corrido muito menos do que queria e do que devia, mas não tenho conseguido arranjar tempo para isso. Precisava muito de dormir. Mas, feitas as contas, pesando todos os prós e contras, a verdade é que este bebé foi um bombom maravilhoso que chegou a esta casa, à nossa vida. 

Fim-de-semana maluco

Na sexta-feira saímos de Lisboa ao final da tarde e fomos jantar com os nossos amigos ao restaurante A Escola, em Alcácer do Sal. Os pitéus eram todos de chorar por mais (ou de chorar por terem vindo para a mesa e subsequentemente para as nossas ancas) mas o arroz de choco com camarões era de facto uma obra prima.

Dali saímos para São Francisco da Serra, onde fica a casa dos nossos amigos. Uma casa que podia entrar directamente para as "Casas onde a Cocó não se importava de morar". Os miúdos, 10 miúdos (3 casais), dormiram quase todos num dos quartos com beliches, o que foi um regabofe pegado. Difícil pô-los a dormir.

No dia seguinte, despertador para as 7h. Dor, muita dor. Mas a Madalena tinha a 3ª prova na Escola de Música do Conservatório Nacional, às 10h. Saímos de casa às 8h e pouco e lá fomos. Ela a dormir, eu a dormir, o Ricardo a fazer um esforço para não dormir. Quando olhei para ela, com aquela carinha de gato so Shrek, sentada no chão à espera de ser chamada, pensei: isto vai correr tãoooooo mal.

11147160_796323637141187_3486931462054187913_n.jpg

Mas entretanto foi chamada e quando saiu de lá, cerca de uma hora depois, parecia outra. Fresca e fofa. Animadíssima. A dizer que tinha cantado, que tinha feito lá-la-lá-lás e tá-tá-tá-tás, toda contente. Não faço ideia se correu bem ou mal, mas gostei de ver a alegria dela. 

Fomos tomar o pequeno-almoço e, a seguir, partimos de novo para São Francisco da Serra, onde tinham ficado os outros 2 filhos (o Mateus veio connosco) com os nossos amigos. Chegámos e nem aquecemos o lugar. Estava tudo a sair de casa para ir almoçar ao Kalux, em São Torpes.

GOPR0105.JPG

 

IMG_1874.JPG

 

Um bocado depois do almoço... aula de surf! Miúdas primeiro, miúdos depois. 

IMG_1761-2.JPG

IMG_1779.JPG

IMG_1755-2.JPG

 

Primeira incursão de pequeno Mateus à praiaIMG_1853.JPG

 

Amou esfregar os pés na areia! 

FullSizeRender-cópia.jpg

GOPR0043.JPG

IMG_1837.JPG

 A aula não correu nada mal. Ainda consegui pôr-me de pé em cima da prancha várias vezes, o que constituiu uma verdadeira surpresa (sou pessoa com pouca fé no meu equilíbrio). Acredito que os muitos agachamentos que tenho feito tenham contribuído para este sucesso relativo.

 

À noite, apesar de estafados, fomos à feira de Santiago do Cacém. Mas foi um fracasso. Ficámos uma hora na fila para as bifanas, os miúdos adormeceram em três tempos, todos caídos nas cadeiras, e nós que tínhamos ido com a esperança de ver a Cuca Roseta ficámo-nos por uma entrada por saída.

No dia seguinte, piscinámos. Éramos para ter feito um trail mas estávamos demasiado estafados para isso.

 

Acabámos por ficar por ali, almoçámos e vimos o jogo em grandes nervos. O fim-de-semana não podia ter acabado melhor. Spooooooooooorting!

IMG_1927-2.JPG

 

Henrique e Mateus, em animada conversa 

 

 

 

A correr

Tenho uma formação toda a tarde, amanhã também, e nem tive ainda tempo de dizer "Olá pessoas! Bom Dia da Criança!"

Estou mesmo a correr, tenho de preparar textos e entrevistas, e só cá volto mais logo, se conseguir.

Não se zanguem, sim? Isto às vezes anda assim meio parado mas é porque podem vir aí novidades giras, vamos ver!

Passatempo Cantastórias - De Cor e Salteado

O Nickelodeon e a Rádio Renascença têm 3 bilhetes duplos para oferecer para o espectáculo infantil "Cantastórias - De Cor e Salteado", que se realiza no dia 6 de Junho (sábado), em Portalegre.

Trata-se de um musical infantil que conta com 3 personagens principais muito invulgares: o Maestro, a Tabuada e a Palavra. Juntos mostram a miúdos e graúdos, de uma forma muito original, a importância da Matemática, da Música e das Palavras nas nossas vidas, e de como não podemos passar sem estes três amigos.

Para participarem têm de preencher o formulário que está aí em baixo até amanhã às 18h.

Os vencedores serão escolhidos via Random.

Boa sorte!

 

 

 

 

Vencedoras do passatempo Marginal à Noite

As vencedoras deste bonito passatempo vão poder ir à Marginal à Noite, quando as inscrições já acabaram há semanas! 

Obrigada à Água Serra da Estrela e à Gatorade!

E são elas:

Cristina Lopes

Ivone Azevedo

Lina Santos

Cátia Figueiredo

Helena Val

Janine Diogo

 

PARABÉNS!

Encontramo-nos lá!

É dia 13 de Junho!

Pág. 8/8