Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

2015

A Passagem de Ano foi boa, divertida e calminha em casa de amigos que também têm 3 filhos e o 4º a caminho. Passava muito pouco da meia-noite quando a Madazinha tomou a primeira decisão de 2015: furar as orelhas. Os nossos amigos, que têm uma ourivesaria, levaram a máquina de furar e… tau!

Ela chorou como uma Madalena, fazendo jus ao seu nome, e nenhum dos presentes acreditou que a segunda orelha fosse furada. Mas encheu-se de coragem e fez o segundo furo.
Como sempre, fiz um balanço de 2014 (ao qual vos poupo) e tenho uma série de resoluções para 2015 (às quais também vos poupo). Posso apenas adiantar que são resoluções sérias, ambiciosas ainda que possíveis, e que dependem sobretudo da minha força, empenho e trabalho. Depois logo vos digo se atingi ou não os objectivos propostos.
Gosto muito de Janeiro. Acho sempre (por muito idiota que isto seja) que é um ano em branco, cheio de possibilidades. Mesmo que em Março já esteja de novo no ramerrame do costume. Há uma fúria de fazer, de ser e de acreditar que é regeneradora e comovente. Todos os anos.

Pág. 10/10