Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cocó na fralda

Cocó na Fralda

Peripécias, pilhérias e parvoíces de meia dúzia de alminhas (e um cão).

Ah grande vaca!

Fui finalmente buscar o resultado das minhas biópsias ao estômago. E além das lesões provocadas por uma gastrite crónica descobriram que mora lá dentro a estúpida da bactéria helicobacter pylori. Mas quem é que lhe deu autorização para viver em mim? E a renda? Ele é comida e dormida e pagamento... viste-o. Está mal.
Já sei que esta bicha vive em 2/3 da população mundial, por isso não sou propriamente original. Mas, como boa hipocondríaca que sou, também já sei que é um animal carcinógeno, e por isso tenho de lhe dar luta. Quarta-feira vou ao médico, a ver que medidas tomamos para exterminar esta parvalhona intrometida.

Panic

Começar a semana com um ataque de pânico não é bom. De repente, comecei a olhar para tudo o que tenho para fazer e deixei de saber respirar. Fiquei gaseada, os olhos a sairem das órbitas, o inspira-expira todo baralhado, dêem-me-um-saco-de-papel-para- respirar-lá-para-dentro-ó-fáxavore quero a minha mãe quero fugir ó socorro que eu vou dar o tilt. Não foi bonito. Mas, como sabem, gosto sempre de ver o lado positivo das coisas. E até aqui há um: se comecei assim a semana... só posso acabá-la melhor. (ou então com um AVC, pronto, mas não vamos pensar nisso)

Preciso, fáxavore

De rapazes, um com 10/11 anos, e mais dois com 14/ 15 anos. Muito descontraídos, muito espertos, com uma lábia fantástica, capazes de uma boa conversa, sem vergonhas. Eu depois explico para o que é. Posso dizer que vai ser giro. Para já, pedia a quem conhecesse rapazes nestas circunstâncias que me enviasse um email para sonia.morais.santos@gmail.com
Obrigadaaaaa!

Reportagem Cidade Flutuante


Alguém viu a reportagem da SIC sobre o cruzeiro Allure of the Seas?
Porque é que só filmaram uma empregada da limpeza, uma chef, dois barmen, e alguns animadores? E o resto? E o próprio do barco? E os luxos flutuantes que a jornalista descreveu e... não mostrou? Os senhores do cruzeiro não deixaram filmar? Então... porque é que fizeram a reportagem?
Eu odeio, mas odeio mesmo dizer mal do trabalho dos meus colegas. Odeio. Mas hoje... hoje estou francamente danada. Andei praticamente uma semana à espera desta reportagem, recomendei-a a meio mundo, mandei calar a família. A reportagem teve um arranque giríssimo, com o genérico do Love Boat, e com o nome de Cidade Flutuante. Tudo prometia. E depois... ficou-se pela promessa. A reportagem do Allure of the Seas pareceu-se mais com o Titanic. Mas porquê? Porquê??????? Eu sei que também já fiz muiiiiiiiitos trabalhos ruins... Eu sei. Mas nem sequer estou a falar como jornalista, estou a falar como espectadora, que adora quase sempre as reportagens da SIC. Estou triste, pá. Odeio quando isto acontece.

Dia bom






Com visita ao mosteiro dos Jerónimos, para mostrar ao Manel, de perto, uma das obras emblemáticas do reinado do seu homónimo, D. Manuel I. E ele, apreciador, a exclamar:
- Tão lindo! Que lindo que isto é... valeu mesmo a pena termos vindo.
Oh... (às vezes até mesmo a mais lúcida das mães não resiste a babar um pouco perante as suas crias
Depois, fomos aos Pastéis de Belém e não resisti. Sou uma fraca, eu sei. Mas aquele cheiro, aquele sabor, a leveza daquela massa, o sabor daquele creme... Mas a partir de agora a minha boca vai tornar a fechar-se, como se tivesse um fecho eclair. É que descobri hoje que já engordei dois quilos. Ele foi o México, ele foi o Natal, ele foi o Ano Novo. Ele foi a balança sem pilha (nunca deixem acabar a pilha à vossa balança, é o que vos digo!), ele foi a fuga às corridas por culpa da chuva, por culpa do frio, por culpa de uma constipação medonha. Ah, pois é. Dá-se um pouco de trela à gaja e lá vai ela atracar-se às comidas boas como se não fosse uma glutona em recuperação. Once a glutona, allways a glutona. Tal como os alcoólicos e todos os outros dependentes. Hoje, quando a balança voltou a si, eu ia tendo uma cena. E lá fui correr, sem vontade nenhuma. Mas depois, como sempre, foi óptimo. Corri devagar mas cumpri o dever: 7,5 km, 50 minutos, 623 calorias perdidas (hope so).
Amanhã vou para Monsaraz, fazer uma entrevista, mas levo a família comigo. Será um dois-em-um: trabalho e prazer.

Passatempo INOCOS




Há no mercado uma nova marca de vernizes. É portuguesa e tem muita pinta, com uma colecção de 44 vernizes de elevada qualidade com nomes tipicamente portugueses como Bairro Alto ou Clérigos, por exemplo, a preços acessíveis.
A INOCOS quer oferecer cinco bolsas de vernizes, com três vernizes cada, a cinco vencedores.
O que têm de fazer?
Têm de criar um slogan para a nova colecção Primavera/Verão 2011, que será um conjunto de seis vernizes que constituirão a colecção "MARIAS" (e os nomes das cores serão Maria + qualquer coisa, tipo MARIA PAPOILA para a cor encarnada, e coisas assim).
Então, o que é preciso é um slogan para esta nova colecção com as palavras: Marias (ou Maria) e Verniz, conjugadas com elementos da cultura portuguesa.

O passatempo termina na sexta-feira, 4 de Fevereiro, à meia-noite.
Enviem os slogans para cocofralda@gmail.com
Boa sorte!

Pág. 1/6